Tudo junto e misturado

Que saudade de escrever para o blog! Mas tanta coisa acontecendo que não tive um tempinho ainda. E agora que tenho, não sei o que escrever primeiro, são tantos assuntos! Balanço de fim ano, férias em família, dentes eternos nascendo, alimentação difícil, a famigerada mudança e o mesversário de hoje! Prometo ser breve e fazer um parágrafo de cada assunto, bem brevemente!

Retrospectiva 2015

Como não poderia ser diferente, nosso #sirpedroca #sirsorriso em 2015 sorriu muito, gargalhou muito, começou a emitir sons característicos de alegria, tristeza, satisfação e contrariedade! Passou a balbuciar mais e repetir sílabas. Para ele, mamãe é Cá e papai é Dé! Viajou bastante, haja costas pra aguentar a cadeirinha hein! E ele adora! Decorou todos os episódios da Peppa e aguardou ansiosamente os novos capítulos que saíram só em dezembro. Experimentou o gosto pela piscina e agora é sua nova paixão. Passou por dezenas de especialistas, realizou centenas de exames, fez inúmeras sessões de fisioterapia, fonoterapia e estimulação visual e auditiva. Foram muitas roupas vomitadas, xixadas, cagadas. Muitas, principalmente nos últimos meses, muitas noites sem dormir e olheiras fundas, dele e nossas. Mas quando a gente coloca na balança, é com muito orgulho e prazer que vimos o saldo positivo zilhões de vezes maior que o saldo negativo! Graças a Deus, aos médicos e terapeutas, a nossa família, mas principalmente graças ao esforço e força de vontade desse pequeno grande guerreiro! Que 2016 seja um ano carregado de saldo positivo também, e que o negativo venha nos ensinar assim como em 2015.

Miniférias (Natal e Ano Novo)

Passamos o Natal na praia de Pontal do Paraná com a família inteira do meu sogro, Bodas de Diamante dos avós do Xuxu! Coisa linda de se presenciar! Pedroca curtiu muito os primos, os tios, os avós e bisavós. Ano Novo passamos no rancho do meu tio em Fronteira (MG) e Pedro pode curtir mais primos, tios e avós! Sempre sorrindo, acordando bem-humorado, alucinado com a piscina, mas sofrendo com a comida (ou melhor, a não comida), coçando demais as gengivas e com o intestino preso. Ou seja, Pedroca é rotineiro mesmo e apesar de adorar uma folia, sente muito a falta da casa dele, do canto dele, da cama dele! Apesar de sofrível em vários momentos, comemoro essa personalidade dele porque na maior parte do tempo, sabemos como lidar com ele.

Nascimentos dos dentes

Eta fase eterna hein! De fevereiro a outubro nem sinal de nenhum dentinho. Desde novembro, Pedroca está com as gengivas super inchadas. Fomos a dentista que viu 6 dentes prestes a nascer. Mas este “prestes” não é do dia pra noite. Eclodiu um, depois de algumas semanas outro e assim por diante. E ainda tem dente nascendo até hoje. E isso implica em não comer, ficar muito irritado, o bom-humor típico deixado de lado, sono picado e por aí vai! Haja camomilina-c, mordedor de gelo, chá de camomila gelado e paciência, muita paciência! Estou aqui, na torcida, pra essa fase passar, mas que tá difícil, admito, oh se tá!

Alimentação saudável X alimentação possível

O Sir Pedroca sempre gostou de comer! Todas as frutas que lhe foram apresentadas, todos os legumes e verduras idem! Nunca vi uma carinha feia pra comidinha! Ah, suco e água nunca gostou. O negócio dele era comer mesmo, sentir na boca, mesmo que sem saber mastigar direito. Mas há alguns meses, quem frequenta esse blog sabe, o piázito tem dado um baile na mãe e na vó dele. Diminuiu absurdamente a quantidade e mais recentemente, não sei se pelos dentes nascendo, se pela mudança de casa e cidade, se pelo calor, se tudo junto e misturado, simplesmente não está aceitando nada a não ser mamadeira! E assim, o medo de perder peso, perder força na mastigação/deglutição, precisar de sonda assombram novamente. E para fazê-lo voltar a comer, deixei de lado o mundo ideal das comidas saudáveis para ele e apelei inclusive para as papinhas industrializadas que não tiveram nenhuma aceitação (posso comemorar? hehehe) e nos últimos três dias o bonitinho aqui voltou a comer frutas (processadas e misturadas entre si com consistência de mousse e bem geladas). Todos comemoram e respiram aliviados! Aos poucos, espero que ele volte a comer uma consistência mais firme! Que seja realmente só uma fase! Longa, árdua, difícil de passar, mas só uma fase!

Mudança

Confesso que estava (e ainda estou) com um aperto no peito misturado com um frio na barriga e mais uma dose de empolgação por não saber o que a mudança de cidade vai nos acarretar. Sinto que é uma mudança pra melhor, que 2016 vai ser um ano em que muita coisa vai mudar (novos terapeutas, novas rotinas de terapias, alguns possíveis novos médicos, mais tempo em casa, menos trabalho fora). Mas mudanças quase sempre envolvem o desconhecido e isso dá um medo bem grande até nos mais corajosos. A primeira grande mudança é do clima, saímos de Curitiba e estamos em Foz do Iguaçu. Do muito frio para o muito quente e o Pedro já está sentido essa mudança na pele, literalmente, hehe. A segunda mudança, Pedroca saiu do berço e está na cama de solteiro com grade, por enquanto está tranquilo, dormindo a noite toda, mas precisamos de uma babá eletrônica urgente pois com as portas fechadas por causa do ar condicionado fico com medo de não ouvi-lo acordar. A terceira grande mudança, talvez a maior delas pra mim, Pedroca tem uma mãe 100% integral em casa para ele agora! Tenho certeza de que será uma linda (e não menos difícil) fase das nossas existências! Ah, e tem muitas outras mudanças, mas isso é assunto para outro post!

21 meses de pura alegria

Muitas vezes digo que tenho um bebê, mas olhando o Pedro agora, neste exato momento ao meu lado enquanto escrevo este texto, vejo muito pouco de bebê. Ele tá super comprido, super diferente, super genioso. Com traços de meninos e não mais de bebezinho! Não gosta de ser contrariado e agora tá aprontando uma que tem me deixado de cabelo em pé: aprendeu a forçar o vômito quando não quer a comida que oferecemos, quando não quer mais mamadeira, ou quando não quer tomar os remédios e vitaminas, ou ainda quando quer assistir aos episódios da Peppa de manhã e não ligamos a TV. Ainda não sabemos se é só uma fase (opa, mais uma?) ou se é algo mais sério. Estamos atentos e de olho! Vamos que vamos que temos muitas histórias para viver e contar, né filhote! Te amamos!

2 comentários em “Tudo junto e misturado”

  1. Anne…. querida… quanto saldo positivo!!! Graças a Deus!!! Amo ler os seus posts… escreve com coração!!! Enrico também enfrenta ainda a fase dos dentes gigantes saindo… e quando está pra estourar… o q é demorado, tbm diminui a alimentação… só pede mama… ficar hiper irritado… mas
    posso te garantir… passa!!!! Esse Pedroca e um danadinho… um lindeza… Morro de vontade conhece Los…. qdo vierem a rp venham nos visitar…. serão hiper bem vindos em nossa casa!!! E toda sorte do mundo nessa fase de mudanças…. q pelo q vejo vcs as encaram muito bem….!!! Grande bj meu do italo e do nosso Enrico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *