Carta ao aniversariante do dia – 2 aninhos de vida

Uau! 2 anos! Que marco hein, filhão! Não só porque marca o fim do ciclo do bebê e início do ciclo da criança. Porque marca o fim de um período de medo e angústia que, apesar de mais distante, andou rondando a gente.

Sim, filhote, somos humanos e temos nossas fraquezas. Com cinco meses de vida, quando começamos a investigar o porquê de seus exames clínicos estarem tão alterados, chegamos a ouvir que sua possível doença era muito grave e poderia te levar antes mesmo dos dois anos.

Fomos pesquisando, trabalhando com equipe médica e terapêutica multidisciplinar, os resultados dos exames clínicos foram melhorando, os resultados dos exames genéticos foram afastando a hipótese inicial e nossos corações foram sendo amparados. Mas mesmo assim, Pedroca, confessamos que a cada semana mal dormida, a cada vomitada fora de contexto, mesmo tentando manter a calma, aquele medinho nos afrontava, aquela nuvem de aflição pairava.

Então, completar dois anos com saúde, sem internações, sem grandes complicações enche nossas vidas de esperança, de certeza de que você vai viver muito, afinal, tem muita coisa pra ensinar pra gente ainda!

foto

Pedro, pode parecer estranho dizer isso, mas por conta das suas deficiências, somos pessoas melhores a cada dia. Você tocou a todos nós com seus olhos brilhantes e seu sorriso sincero de uma forma impossível de descrever. Toca todos que conhecem você, seja pessoalmente ou virtualmente.

Procuramos dar a você todo amor que cabe dentro de nós. Procuramos dizer isso pra você com palavras e carinhos, o tempo todo. (sim, também perdemos a cabeça com suas novas birrinhas, muitas vezes, lembra que te falamos que somos humanos, né!)

Mas desconfiamos que ainda seja muito pouco. Por isso que desde os seus primeiros meses de vida, fomos em busca de tratamentos para melhorar a parte motora com fisioterapia e terapia ocupacional, a parte sensorial com estimulação visual, a parte auditiva com estimulação sonora, a parte da linguagem com fonoterapia e por aí vai. E ainda tem umas algumas abordagens terapêuticas em planejamento para logo concretizar, hidroterapia e equoterapia. Ao infinito, e além!

Como seus pais, Pepê, só podemos guiar o caminho, mas não comandar a direção. Por isso, aprendemos todos os dias a nos desapegar. Lembra daquela máxima que sempre repetimos aqui em casa, “amor é diferente de apego”. É difícil, mas a tentativa é constante.

Obrigado Pedro. Obrigado por ter nos escolhido para sermos seus pais. Conscientes de nossas responsabilidades, vamos lutar, dia após dia, para que você seja feliz! Que Deus continue protegendo sua vida, seu crescimento, sua saúde e tudo que for importante para o seu desenvolvimento físico, moral e espiritual.

Te amamos! Demais!

 

2 comentários em “Carta ao aniversariante do dia – 2 aninhos de vida”

  1. Nina, sou um dos seres humanos virtuais que os acompanha e torce com toda fé para o bem estar de vocês. Concordo com suas palavras e assino embaixo. Só temos a aprender com seu menino, com vc e seu marido. Não perder a confiança e correr atrás daquilo que melhor se encaixar na vida de todos. Meus parabéns ao Sir Pedroca assim como a vcs dois. Um beijo enorme e meu eterno carinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *